Publicando site ASP.NET no Windows Azure via Visual Studio Online

Integração e agilidade são as palavres da vez no meio de desenvolvedores de software. Ainda mais se estivermos falando de serviço, e não mais de software de prateleira. Isso porquê esse conceito de software de escopo ou caixa fechada, nos dias de hoje, não é mais visto como algo viável, rentável, sustentável ou mesmo lucrativo. E hoje desenvolvedores de software vivem uma realidade que lhes são exigidos alta qualidade, entregas ágeis e em períodos curtos, afim de minimizar os riscos.

Considerando isso, o desenvolvedor, mesmo que trabalhe sozinho, de forma autônoma, necessita ter um ambiente de trabalho que sirva como ferramenta para entregar toda essa expectativa que lhe é exigido. Uma plataforma, que não seja apenas uma IDE de desenvolvimento, mas uma completa plataforma de gestão de aplicação. Uma plataforma que sirva, não apenas como repositório de códigos fontes, mas de gestão e governança destes, criando rastreabilidade entre o que foi desenvolvido e o que foi solicitado pelo seu cliente. E um ambiente de altíssima disponibilidade e escalabilidade para hospedagem e distribuição da sua aplicação de forma fácil, ágil e segura.

Visando cobrir todas essas necessidades, e ainda excedendo entregando muito mais recursos de produtividade, governança e indicadores que passam segurança e estabilidade agregando valor ao camarote produto, a Microsoft fornece 3 ferramentas, GRATUITAS:

  1. Visual Studio Express for Web
  2. Visual Studio Online
  3. Windows Azure Websites

Todas as três ferramentas já são de grande conhecimento da maioria dos desenvolvedores .NET. Então, em seguida, vou mostrar como publicar seu projeto desenvolvido em ASP.NET (3.5 ou superior) na nuvem do Windows Azure através de implementação contínua do Visual Studio Online.

Primeiro passo: Visual Studio Express

Primeiramente vou criar um projeto ASP.NET MVC usando o template padrão do Visual Studio 2013. A ideia é apenas ter uma representação do que será o seu projeto web.

Com o Visual Studio 2013 aberto, vou no menu File > New Project. Na janela aberta crio um projeto chamado MeuSiteNaNuvem:

New Project ASP.NET

Na tela seguinte, selecionamento apenas o template MVC e clicamos OK.

Template MVC

Com isso já tenho nosso projeto ASP.NET MVC criado. Esse irá representar o seu projeto web que já possui.

ASP.NET Template WebSite

Segundo passo: Visual Studio Online

Acesso o serviço do Visual Studio Online em http://www.visualstudio.com/, crie sua conta e, após tudo configurado, começaremos a na dashboard como na imagem abaixo:

Visual Studio Online

Já com sua conta rodando e configurada, vamos criar um novo projeto dentro do VSOnline para então defini-lo como o controlador de versão de fontes para o VS2013 e, a partir daí tornar possível fazer toda uma gestão de projeto de desenvolvimento de software, usando metodologia Scrum ou mesmo Agile Software Development ou CMMI.

TFS New Project

Clique em “Create Project” e aguarde. Ao concluir, o Visual Studio Online irá retornar uma mensagem que eu acho muito legal!

Absolutely love this

Clique em “Navigate to Project” e pronto! Seu ambiente VSOnline já está pronto para receber seu projeto ASP.NET. Sendo assim, voltemos ao Visual Studio Express, no menu Team > “Connect to Team Foundation Server…”, adicione como servidor a URL da sua conta no VSOnline (ex: seunome@visualstudio.com) e selecione o nome do projeto que iremos vincular ao nosso site ASP.NET

Connect to Team Foundation Server

Team Projects

Assim que finalizado, e ainda no Visual Studio Express, vá na aba Solution Explorer, abra o menu contexto no arquivo da solução aberta, e então clique em “Add Solution to Source Control…“.

Add Solution to Source Control

O Visual Studio suporta conectar tanto em controlador de versão Team Foundation Version Control (atual Visual Studio Online) quanto Git (via GitHub). Selecione TFS e dê OK.

Choose Source Control

Na janela seguinte você deve selecionar em qual workspace seus fontes irão se hospedar. Selecione a raiz do projeto que foi criado no VSOnline e dê OK. Para mais detalhes sobre workspace, pesquise sobre Administração do TFS.

Indicate your workspace

Perceba que agora todos os arquivos dos projetos da sua solução terão um sinal de mais ( + ). Isso indica que são arquivos novos e que serão carregados ao controlador de versão no próximo Check-In. Não faça o check-in neste momento ainda.

Terceiro passo: Windows Azure

Acesse o painel de controle da sua conta no Windows Azure em http://manage.windowsazure.com/. Caso ainda não possua uma conta configurada, crie uma e faça uma assinatura “Pay-As-You-Go“. Fique tranquilo, pois não iremos consumir nenhum recurso que seja cobrado um centavo sequer.

Já no painel de controle, clique na aba “WebSites“, em seguida, no rodapé, vá em Novo > Computação > Site > Criação Rápida e dê um nome para a URL do seu site dentro do Windows Azure. Selecione também a região que ficar mais próxima de onde você estará acessando, afim de deixar o tempo de resposta ainda mais curto (na época que escrevi o artigo, a Microsoft ainda estava preparando o datacenter em São Paulo).

Novo WebSite

Assim que finalizar a criação do seu site, você será direcionado para essa página. Clique então no último link que diz “Configurar a implantação a partir do controle de origem” para vincularmos esse website ao controlador de versão do VSOnline.

Seu site foi criado

O Windows Azure aceita que os arquivos de seu site seja fornecido por vários repositórios. Selecione a opção Visual Studio Online e continue para o próximo passo clicando na setinha para direita.

Onde está seu código fonte

No passo seguinte, informa o nome da sua conta Visual Studio Online (ex: seunome.visualstudio.com) e então clique em “Autorizar Agora”.

Autorizar conexão

Nisso o Windows Azure irá até o VSOnline, irá confirmar suas credenciais e retornará com a lista de projetos que possui em sua conta. Selecione o projeto que deseja publicar neste website e conclua os passos.

Escolha um repositório para implantar

Ao fim do processamento, o Windows Azure irá te confirmar que tudo está devidamente configurado e vinculado. As configurações do Windows Azure terminam aqui, agora vamos para o deploy!

Passo final: Implementação contínua

Já temos os três ambiente devidamente vinculados e configurados. Agora basta sinalizarmos para o VSOnline que terminamos de alterar o fonte e que podemos enviar os arquivos para nuvem e deixar toda a infra estrutura fazer o trabalho pesado. Volte no Visual Studio Express e, no meu contexto da solução, selecione “Check In” para iniciarmos o processo de envio dos arquivos para o repositório de código fonte.

imagem19

Essa opção irá nos levar para a aba do Team Explorer, já na tela de Pending Changes (modificações pendentes) detalhando todos os arquivos que estão aguardando subirem para o repositório. No campo de comentário (comment), insira informações sobre essa subida afim de ter um mínimo de rastreabilidade do que foi modificado a cada Check In. Caso esteja usando alguma metodologia de gestão de desenvolvimento de software no VSOnline (Backlog, Sprint, Tasks, Impeachment, etc), vc pode vincular esse check in a algum desses itens através do campo Related Work Items.

Pending Changes

Clique no botão “Check In” ao topo. Ao concluir o processo de subida, clique no botão “Home” e depois vá em “Builds” para listar a fila de publicações que o ambiente que criamos está gerindo, testando, compilando e validando antes de enviar para o ambiente de publicação.

Team Explorer Home

Acompanhe todo o processo de build e deploy do fonte que foi enviado para o VSOnline e então submetido (caso passe nos testes e builds) para o ambiente vinculado do Windows Azure.

My builds

Agora é só acessar a URL do site que foi definido na criação do mesmo no Windows Azure para validar que está publicado com sucesso! No exemplo está publicado em http://meusitenanuvem.azurewebsites.net/

ASP.NET Template

Também é possível fazer o acompanhamento dos builds via Visual Studio Online, na guia Implantações do site do projeto.

Implantações

Finalizando

Esse são os passos mínimos necessários para se ter um ambiente com controle de códigos fontes, implementação contínua, disponibilidade, entre outros. A partir daí, pode-se aumentar a produtividade consumindo mais recursos do Visual Studio Express como projetos de testes unitário, do Visual Studio Online como gestão de desenvolvimento como Srum, e do Windows Azure como vincular recursos adicionar como banco de dados. E tudo isso sem nenhum custo, totalmente gratuito.

Para saber mais

Aprofunde seus conhecimentos na comunidade ASP.NET

Aprofunde seus conhecimentos na comunidade Windows Azure

Exibições: 746

Comentar

Você precisa ser um membro de DevBrasil para adicionar comentários!

Entrar em DevBrasil

Comentário de Marques Denis em 6 abril 2014 às 5:00

Olá Thiago,

Quando realizou o cadastro no Windows Azure , foi necessário informar o numero do cartão de crédito ?

© 2017   Criado por Ramon Durães.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço